quinta-feira, 29 de abril de 2010

Meia vida inteira

Aquele foi o meu instante
A glória do meu corpo e o
Pavor dos meus sentidos

Uma violenta incerteza
Um rápido suspiro antes
Antes da luz da realidade imunda

Um doce impudor
Um som inaudito antes
Antes do ruído seco dos teus passos

Aquele foi o meu instante
A glória do meu corpo e o
E o pavor da índole libertina

Do instante edaz, agora
Lembrança vulgar
Meia vida inteira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário